homem e mulher batendo as mãos em sinal de cumprimento
Abril Verde Promoção da Saúde

Qualidade de vida dos funcionários: como aumentar e quais ações adotar?

Tempo de leitura: 6 min
Powered by Rock Convert

Diante de um mercado competitivo, as empresas têm buscado estratégias para aumentar a produtividade de seus profissionais e maximizar as margens de lucro. Nesse contexto, zelar pela qualidade de vida dos funcionários se tornou uma das principais preocupações de gestores, que entendem o valor desse tipo de iniciativa para atrair e reter talentos.

Neste post, vamos explicar por que é importante aumentar a qualidade de vida dos colaboradores e de que forma a companhia pode fazer isso. Acompanhe!

A importância da qualidade de vida dos funcionários

Atualmente, as empresas enfrentam uma competição acirrada. A globalização e o comércio eletrônico acentuaram esse cenário na medida em que facilitaram o acesso do consumidor a um número imenso de fornecedores. O comprador precisa apenas de um dispositivo conectado à internet para descobrir produtos de comerciantes locais ou distantes, comparar suas características e encontrar o melhor preço.

Diante desse cenário, o grande diferencial competitivo no mundo corporativo é a qualidade do quadro de colaboradores. Profissionais capacitados geram inovação, encantam e fidelizam o cliente com um atendimento eficaz, identificam falhas que demandam melhorias e aprimoram o negócio.

Por isso, as empresas se esforçam para garantir a qualidade de vida dos funcionários. Elas entenderam que, quando satisfeitos, eles produzem mais e melhoram seu desempenho — aumentando a lucratividade do negócio.

Esse tipo de ação também tem um papel importante na retenção de talentos. Além de ver suas necessidades supridas, o colaborador se sente valorizado. Assim, a organização reduz os custos e transtornos do turnover.

Finalmente, a qualidade de vida melhora o employer branding do negócio. Quem está satisfeito costuma falar bem da empresa nos círculos que frequenta. Dessa forma, ela conquista uma boa imagem perante a comunidade. Os principais resultados são o aumento nas vendas devido à percepção positiva da marca e a facilidade para atrair novos talentos, melhorando o capital humano da organização.

Como promover a qualidade de vida dos funcionários

Para ajudá-lo a alcançar esses objetivos, selecionamos algumas ações importantes para trazer qualidade de vida aos funcionários. Descubra quais são elas!

1. Tenha uma cultura organizacional clara e definida

O primeiro passo é dar à equipe um ambiente emocionalmente saudável. A cultura organizacional clara é a principal ferramenta para isso. Quando os colaboradores estão cientes dos valores praticados pela empresa, eles se sentem confiantes.

Ter uma cultura clara permite que o funcionário não passe todo o seu tempo “pisando em ovos”, o que causa um grande desgaste emocional. Ele sabe exatamente a conduta que é aceita pela companhia e tem mais facilidade de ajustar seu comportamento a esses termos. Além disso, o colaborador se sente seguro por saber que, no caso de um eventual conflito, a situação será tratada de forma imparcial e a decisão será pautada em um conjunto de valores.

2. Proporcione oportunidades de desenvolvimento

Além de competitivo, o mercado está em constante transformação. Conceitos como automação e inteligência artificial, que em um primeiro momento afetaram a oferta de vagas na produção, já não se restringem ao setor operacional. Essas ferramentas chegaram também às funções burocráticas e agora às estratégicas. Portanto, ninguém mais se sente seguro quanto ao futuro do emprego.

Essas mudanças são inevitáveis, mas a empresa pode ajudar seu colaborador a lidar com isso. Ela precisa mostrar que o emprego não vai simplesmente desaparecer — ele vai se transformar. Nesse processo, o gestor tem o papel de mostrar aos profissionais que eles precisam se preparar para atuar em novos postos e, sempre que possível, proporcionar oportunidades para isso.

A instituição pode contribuir para que eles façam cursos e se planejem para o novo cenário. Em alguns casos, a ajuda é financeira, com auxílios educacionais. Outras vezes, o apoio vem por meio de atitudes, como a flexibilização de horários para favorecer os estudos. Existe ainda a possibilidade de estabelecer programas de mentoria com o objetivo de transformar os melhores colaboradores em líderes no futuro.

3. Disponibilize cuidados com a saúde

O bom desempenho e a alta produtividade estão atrelados ao bem-estar do indivíduo. Por isso, é importante que a empresa desenvolva ações que o ajudem a cuidar de si mesmo, no aspecto físico, mental e emocional. Alguns benefícios têm essa função. Além de um plano de saúde, o vale-refeição é uma boa ideia porque possibilita que o colaborador tenha uma alimentação saudável, evitando doenças.

Também é válido que a empresa incentive o profissional a praticar atividades físicas. Elas são essenciais para a prevenção de problemas que podem ser agravados pela atividade laboral. É possível estabelecer convênios com academias, reduzindo seu custo para o colaborador, ou mesmo criar grupos nos quais as pessoas saiam juntas para caminhadas ou corridas.

4. Combata o estresse

O estresse mina a produtividade, prejudica a saúde, causa afastamentos e facilita o surgimento de conflitos no trabalho. Uma das formas de promover a qualidade de vida dos funcionários é tomar medidas que auxiliem no combate a esse problema dentro e fora do ambiente corporativo.

Há muitas ações que uma empresa pode adotar para atingir esse objetivo. Um ambiente de trabalho fisicamente agradável e aconchegante é uma medida simples que ajuda a contornar o estresse. Além disso, é fundamental investir na melhoria do clima organizacional.

Mas não podemos ignorar que alguns fatores de estresse também têm origem fora do ambiente de trabalho. Entre eles, podemos destacar as preocupações com a família e o desafio de manter-se dentro do orçamento. Nesse sentido, benefícios como auxílio-creche e a realização de programas de educação financeira ajudam o profissional a lidar com essas situações e a ter ganhos reais em bem-estar.

5. Experimente a flexibilização das regras

Nem sempre a companhia consegue operar se seus colaboradores não estiverem presentes. Mas muitas vezes é possível permitir que algumas funções sejam exercidas de forma remota, pelo menos em tempo parcial. Esse tipo de iniciativa é cada vez mais comum porque proporciona qualidade de vida e também reduz os custos operacionais. Outras vezes, basta ser flexível com o horário para livrar o trabalhador do desgaste de pegar engarramento ou transporte público lotado porque saiu no período de pico.

Não existe receita nem um conjunto único de medidas eficaz para melhorar a qualidade de vida da equipe. É fundamental que o gestor conheça bem o seu grupo, identifique quais são os problemas que afetam o bem-estar das pessoas, e só então planeje medidas capazes de causar um impacto significativo.

Entendeu a importância da qualidade de vida dos funcionários? Gostou das nossas sugestões? Então, que tal compartilhar este post nas suas redes sociais? Aproveite para marcar seus amigos e pedir que eles também dividam suas experiências e dicas!

Powered by Rock Convert