Gestão de Pessoas

Gestão de fornecedores: como lidar com parceiros e alavancar a empresa

Tempo de leitura: 5 min
Powered by Rock Convert

Muitos consumidores não sabem disso, mas para que o produto que ele compra em uma determinada empresa chegue até as suas mãos, há uma longa jornada.

Esse caminho envolve o trabalho entre diferentes negócios, e a gestão de fornecedores é um ponto crucial nessa empreitada.

Quando não há uma boa relação entre as empresas que fornecem produtos/insumos e aquelas que os distribuem ao cliente final, diversos problemas podem acontecer. Por exemplo, o atraso nos prazos de entrega, a diminuição da qualidade final das mercadorias, prejuízos financeiros e, é claro, a insatisfação do consumidor.

Neste conteúdo, vamos mostrar como lidar com seus parceiros e fazer os negócios crescerem por meio de uma gestão de fornecedores eficiente. Acompanhe a leitura do artigo para conferir!

O que é gestão de fornecedores?

Para muitos empreendedores, a relação com os abastecedores representa preocupação e dor de cabeça. Porém, isso se deve a uma má gestão de fornecedores.

A organização deve avaliar cuidadosamente as opções disponíveis no mercado. Sua escolha precisa se basear nos parâmetros corretos na hora de escolher com quem vai se relacionar no âmbito comercial. Dessa forma, a tendência é que ela colha apenas bons frutos.

A gestão de fornecedores não prioriza somente o preço, mas envolve uma série de aspectos que devem ser levados em consideração, como:

  • comunicação transparente;

  • comprometimento com os prazos e demandas de seus clientes;

  • qualidade dos produtos ou insumos entregues.

Mas para quê serve uma gestão de fornecedores, afinal? Pois bem, seus objetivos são controlar custos, coletar dados que podem ser usados no processo de tomada de decisões, alocar recursos com eficiência etc​.

Como avaliar a relação estabelecida com os fornecedores?

Para que o seu negócio obtenha bons resultados, o primeiro ponto a ser priorizado é escolher fornecedores que sigam as recomendações da ISO 9001. Trata-se de um conjunto de regras estabelecidas com a finalidade de padronizar produtos e serviços. O objetivo é facilitar a gestão e os processos logísticos de maneira mais eficiente.

Para que você possa avaliar melhor a gestão de fornecedores, separamos alguns aspectos importantes. Confira quais são a seguir!

Performance operacional

O desempenho do fornecedor é requisito básico e que deve ser avaliado constantemente. Para isso, existem KPIs (Key Performance Indicator) que podem ser usadas para avaliar aspectos importantes na hora de escolher a empresa que abastecerá seus estoques, como:

  • qualidade;

  • pontualidade nas entregas;

  • flexibilidade;

  • tempo de resposta;

  • custo de garantia.

Contudo, não basta ter acesso às KPIs. É preciso desmembrar o processo de avaliação do desempenho operacional, para que seja possível analisar os fornecedores. Algumas etapas que devem ser cumpridas são:

  • melhoria de resultados a partir da evolução da performance do fornecedor;

  • determinação do método de coleta que será utilizado;

  • definição dos aspectos de performance que serão analisados e acompanhados;

  • transmissão de feedback a respeito de seu desempenho;

  • alinhamento das metas do fornecedor e da empresa compradora.​

Flexibilidade

É importante poder contar com fornecedores que ajam com profissionalismo. Se eles cumprem rigorosamente os acordos estabelecidos, você é capaz de entregar as demandas aos seus clientes. Entretanto, verifique se há a possibilidade de negociações mais flexíveis.

Veja, por exemplo, se os fornecedores aceitam trabalhar com preços e condições de pagamento facilitadas, em compras por atacado. Uma parceria de sucesso é aquela que gera benefícios para todos os lados envolvidos.

Cumprimento dos prazos

Cumprir com os prazos combinados, apesar de não ser uma exclusividade de profissionais sérios, infelizmente é uma característica negligenciada por algumas empresas.

Sendo assim, para ter uma relação comercial positiva com seus fornecedores, certifique-se de fechar negócio somente com organizações sérias e comprometidas com as demandas e prazos de seus clientes.

Uma dica interessante é checar com outros empreendedores que já tenham negociado com o fornecedor em questão. Ele costuma entregar os pedidos conforme o combinado e em perfeitas condições? No caso da indústria e do setor alimentício, por exemplo, insumos prejudicados podem afetar toda a cadeia de produção.

Quais são os benefícios da gestão de fornecedores?

Agora você já tem uma noção mais ampla sobre os parâmetros para escolher seus parceiros de negócios. É hora de ver as maiores vantagens de fazer uma gestão de fornecedores eficiente!

Redução de custos

Economia é sinônimo de aumento da lucratividade, correto? Pensando nisso, a gestão de fornecedores, quando bem realizada, contribui diretamente para que seu negócio reduza custos logísticos.

O fato é que processos bem-definidos, somados ao trabalho de fornecedores sérios, minimiza riscos comerciais e financeiros para a empresa. Por exemplo, prejuízos causados por produtos ou insumos entregues em más condições de uso. Esse é o tipo de situação com a qual você não precisa se preocupar quando trata com companhias comprometidas.

Maior poder de negociação

Como já mencionamos, se a empresa conta com fornecedores responsáveis, as possibilidades de negociação são muito maiores.

Em outras palavras, se você tem fornecedores bem-estruturados, há uma margem muito maior para negociar preços e promover disputas mais equilibradas com os concorrentes em seu segmento de atuação.

Diminuição de riscos de falta de produtos em estoque

A falta de produtos em estoque é a verdadeira vilã para qualquer empresa. Sem itens no inventário, simplesmente não há o que vender e a lucratividade é prejudicada.

Com uma boa gestão de fornecedores, é muito difícil que esse tipo de problema afete seus negócios. Na pior das hipóteses, se um fornecedor falhar, sempre será possível contar com outros que estejam prontos para atender às demandas.

Para concluir, é importante destacar que a gestão de fornecedores se torna muito mais eficiente quando os processos são integrados e gerenciados por meio da tecnologia. Procure um software que ofereça recursos específicos para administrar a cadeia de suprimentos.

Além disso, neste conteúdo mostramos como uma relação profissional saudável com as empresas que fornecem os produtos ou insumos ao seu negócio pode gerar benefícios para as partes envolvidas — principalmente para o consumidor final.

Gostou do artigo sobre como a gestão de fornecedores é importante para o crescimento da empresa? Quer continuar recebendo mais artigos como este? Então assine nossa newsletter e se mantenha atualizado sobre o mercado!

Banner Sesi Viva MaisPowered by Rock Convert