Ergonomia

Como manter a ergonomia no home office? Confira 5 dicas!

Tempo de leitura: 5 min

O distanciamento social, medida tomada para amenizar a pandemia do novo coronavírus, demanda uma nova rotina. Muitas pessoas adotaram o teletrabalho e, neste contexto, é importante ter atenção à ergonomia para não sofrer as consequências negativas das horas diárias em frente ao computador.

A saúde física pode ficar comprometida durante o trabalho em casa porque, às vezes, o espaço não é adequado, a cadeira não está ajustada corretamente, a altura do teclado e do monitor é incorreta, entre outros detalhes.

Ao longo deste artigo, você entenderá a importância da ergonomia e por que é necessário o seu espaço de trabalho. Além disso, daremos dicas de medidas simples que você pode colocar em prática imediatamente. Continue a leitura e saiba mais!

A ergonomia no home office

Trabalhar em casa exige adaptações não só do espaço físico, mas a adoção de novas dinâmicas de rotina. Nesse sentido, a ergonomia diz respeito a como o seu corpo interage com as ferramentas e o espaço enquanto produz.

A implementação de melhorias na ergonomia é essencial, porque, sem ela, você pode permanecer em uma posição desconfortável por um longo período de tempo ou sofrer lesões devido a movimentos repetitivos. É muito comum que maus hábitos resultem em complicações para a saúde física e mental, como: estresse no trabalho, tendinite e outros.

Além de prevenir esses problemas, a incorporação de práticas saudáveis na configuração do escritório ajuda o trabalhador a otimizar a eficiência e produtividade. Veja, a seguir, 5 dicas para colocar em prática!

5 dicas de ergonomia no home office

Existem maneiras práticas para tornar o seu dia a dia mais ergonômico. Confira:

1. Organize o espaço

Procure um ambiente agradável, silencioso e iluminado para produzir com tranquilidade, mas cuide para que a luz não provoque reflexos no seu monitor. Depois, mantenha-o arrumado, deixando apenas o material da sua mesa ou superfície de trabalho por perto para não causar poluição visual. Se quiser, finalize com algo inspirador ou que transmita calma, como uma obra de arte ou uma planta.

2. Siga uma rotina de horários

Estabelecer um cronograma é muito importante, uma vez que isso contribui para a organização da rotina. Manter uma rotina sólida, especialmente em relação aos horários de descanso e alimentação, é fundamental para o sucesso do trabalho remoto. Isso ajuda a reduzir o cansaço mental e aumenta a disciplina e produtividade.

Não esqueça de respeitar o horário previsto para sua jornada de trabalho, adequando-o a rotina de teletrabalho.

3. Invista em uma cadeira adequada

Para investir em uma cadeira de escritório adequada para o trabalho, procure alternativas com recursos ajustáveis, como: altura do assento, encosto, apoio para os braços e para a região lombar.

Regule o assento para que as coxas fiquem aproximadamente paralelas ao chão, com os pés apoiados no piso ou apoio apropriado. O banco não deve comprimir a parte de trás das coxas.

O ideal é que seus quadris e coxas formem um ângulo de 90 graus ao se sentar na cadeira, mas que seja possível mover os pés para frente e para trás para fazer exercícios. Também é importante observar o encosto, pois a região lombar deve ficar apoiada. Confira o ângulo, a tensão de inclinação e sente-se para experimentar as alterações.

Posição correta para trabalhar

4. Posicione o monitor na altura dos olhos

Idealmente, a parte superior do monitor deve ficar logo abaixo do nível dos olhos, para que você não precise esticar o pescoço para ler. Mantenha os cotovelos próximos aos lados, ajuste os apoios dos braços para que o peso dos antebraços repouse e evite dobrar os ombros para a frente. Caso a cadeira não tenha apoio para braços, você deve apoiar os antebraços na mesa de trabalho.

Quando se utiliza notebook, o monitor costuma ficar muito abaixo da altura ideal, sobrecarregando o pescoço. Por isso, o correto é colocá-lo em um suporte de notebook ou em algum outro apoio, como pilha de livros. Quando elevamos a sua altura, o teclado fica alto demais. Uma solução para isso é usar um apoio de notebook e um teclado e mouse separados.

5. Planeje pequenas pausas

Além do horário de almoço, faça pequenas pausas ao longo do dia para alternar a postura, pois ficar sentado na mesma posição o dia inteiro pode causar dores nas costas, pescoço e ombros. Você pode aproveitar esses momentos para tomar um café, lanchar, se alongar, regar as plantas ou brincar com o seu pet. Se forem bem organizados, esses momentos podem ajudar a aliviar o cansaço e, ao final do expediente, você sentirá a diferença.

A ergonomia no home office merece uma atenção especial. Afinal, a saúde física e mental depende de detalhes como: boa postura, mãos e pés bem posicionados, boa iluminação para não forçar a visão, alimentação adequada e outros ajustes simples que você pode fazer para manter o conforto e a produtividade.

Este artigo foi útil para você? Então pense nas pessoas que estão trabalhando remotamente e compartilhe o post nas suas redes sociais. Assim, elas também poderão evitar as consequências dos maus hábitos que adquirimos mesmo sem perceber!