campanha de vacinacao
Abril Verde Promoção da Saúde Saúde Ocupacional

Campanha de vacinação: por que realizar nas empresas?

Tempo de leitura: 4 min

A gripe é uma infecção aguda, causada pelo vírus Influenza e caracterizada pelo aparecimento súbito de febre alta, dores no corpo e na cabeça, mal-estar, cansaço, dor de garganta e tosse. Ela afeta o sistema respiratório e pode provocar sérias complicações, inclusive o óbito, especialmente em indivíduos do grupo de risco.

Estima-se que todos os anos a gripe causada pelo vírus influenza atinja de 5% a 10% dos adultos e de 20% a 30% das crianças em todo o mundo.  Contrai-se o vírus pelo ar: a pessoa contaminada elimina o vírus ao falar, tossir e espirrar. O agente também sobrevive na superfície de móveis e objetos.

A boa notícia é que é possível prevenir a infecção pelo vírus da gripe com uma vacina. Sabia que, atualmente, é comum que empresas façam a campanha de vacinação para os seus funcionários? Neste post, vamos mostrar quais são os benefícios dessa prática e quando deve ser aplicada. Boa leitura!

Benefícios de oferecer a vacinação contra a gripe

Engajamento dos funcionários

A preservação e a atenção à saúde dos colaboradores devem começar dentro das empresas, por meio de ações que incentivem e valorizem a sua importância. Um modo de fazer isso é por meio das campanhas de vacinação. Assim é possível garantir o bem-estar do profissional e ainda demonstrar para ele que a corporação se importa com o seu estado de saúde.

Sabemos que um profissional satisfeito com a empresa em que trabalha é mais produtivo, engajado e motivado. Esse resultado é nítido quando a companhia oferece planos de saúde, por exemplo.

Redução de faltas e afastamentos

Quando o estado de saúde está prejudicado, é natural que o funcionário deixe de ir ao trabalho. No caso da gripe, por exemplo, o mal-estar e outros sintomas que impossibilitam as atividades laborais podem durar até 10 dias — o que significa um terço do mês sem produção.

Como essa é uma doença altamente contagiosa, é possível que vários colaboradores tenham os sintomas ao mesmo tempo, prejudicando o fluxo de trabalho da empresa. Segundo o IBGE, as principais causas de afastamento do cargo são dores nas costas, na cervical (pescoço) e gripes.

Por isso, apostar na prevenção pode custar muito menos do que investir em tratamento ou arcar com os prejuízos trazidos pela falta do colaborador.

As campanhas de vacinação também diminuem o risco de afastamento. Afinal, o profissional que não teve a doença não evoluirá para quadros mais complicados que necessitem dessa medida.

Lembre-se de que a gripe tem como complicações a pneumonia e a síndrome respiratória aguda, quadros que podem necessitar de internação por tempo prolongado.

Imunização indireta dos familiares

Além de beneficiar o funcionário, a campanha de vacinação contra a gripe também é positiva para as pessoas que convivem com ele, como a família, os amigos e os demais colegas. Isso acontece porque o indivíduo que é imunizado deixa de ser um vetor. Ou seja, não transmitirá a gripe em seu lar e em outros ambientes fora do trabalho.

Isso é especialmente importante para negócios que contam com um grande número de funcionários.

Quando e como realizar a campanha de vacinação nas empresas

Primeiro, é preciso conscientizar os colaboradores da importância da vacinação contra a gripe. O gestor pode organizar palestras, distribuir panfletos e pensar em outros meios de atualização. Isso é importante porque há um mito de que a vacina causa a doença, o que leva várias pessoas a desistirem de tomá-la.

Mas isso não é verdade. A vacina é feita com vírus mortos, ou seja, incapazes de causar qualquer doença. O que muitas vezes acontece é que a pessoa contrai outro vírus, normalmente os que causam resfriados, perto do dia que em tomou a vacina.

Para ter adesão à campanha de vacinação, é imprescindível esclarecer esse e outros mitos sobre a gripe.

Após informar toda a equipe, é preciso planejar como será feita a logística da campanha. Pense no armazenamento, nos horários, no manuseio e na aplicação da vacina. Nesse contexto, vale a pena contratar uma empresa especializada em vacinação corporativa ou em medicina ocupacional.

É comum que os surtos aconteçam nos meses de outono e inverno. Sendo assim, é preciso que os colaboradores já estejam imunizados nessa época. O ideal é realizar a campanha de vacinação nos meses de abril e maio, período que também é escolhido pelo Ministério da Saúde para as suas campanhas.

O SESI-RS vai iniciar a sua campanha de vacinação contra a gripe em 25 de fevereiro de 2019. Para aderir a essa medida protetiva, basta se cadastrar no site www.sesirs.org.br/campanhavacinacao. O interessante é que, além dos funcionários, a empresa também poderá cadastrar os seus dependentes para participar da campanha de vacinação contra a gripe. Assim, toda a família ficará imunizada.

E então, entendeu qual é a importância da campanha de vacinação contra a gripe para os colaboradores? Viu como essa prática pode beneficiar o negócio? Se você deseja aderir à campanha, entre em contato com o SESI-RS!

Powered by Rock Convert