Atividade Física no trabalho: 6 ações para oferecer ao funcionário

9 minutos para ler

Você sabia que investir na qualidade de vida do funcionário aumenta a produtividade da empresa? Segundo a Catho, um profissional saudável, disposto, motivado e que se sente bem no ambiente onde atua pode apresentar um desempenho muito mais satisfatório. Uma ação transformadora nesse sentido é a inclusão da atividade física no trabalho.

Logo, o incentivo às práticas saudáveis e exercícios pode ser uma ótima forma de estimular os trabalhadores e melhorar a convivência dentro da organização. Quer entender melhor como essa medida pode beneficiar a sua equipe e seu negócio como um todo? Confira as principais vantagens da atividade física e, ainda, 7 ações que podem mudar completamente a relação dos funcionários com o trabalho!

Quais são os benefícios da atividade física no trabalho?

Exercícios físicos ajudam a manter o corpo saudável, promovem uma boa forma física e despertam energia e vigor nas pessoas. Além dos benefícios visíveis, quem realiza algum tipo de esporte consegue perceber uma melhoria no humor, aumentar a concentração, diminuir os níveis de estresse, dentre outros.

Desse modo, fica bastante evidente como o bem-estar dos funcionários impacta diretamente no desempenho da empresa. Descubra agora como é possível sair ganhando ao estimular a prática de atividades físicas no trabalho!

Redução das faltas

O absenteísmo é uma condição de ausência do empregado durante o horário de trabalho. Ela pode ocorrer devido a diversas razões, desde doenças até falta de motivação. Como consequência, a equipe perde produtividade, tendo que remanejar outro funcionário para cumprir as funções de quem está ausente.

Ao adotar a atividade física no trabalho, os trabalhadores têm a oportunidade de se exercitarem, mantendo práticas mais saudáveis e até interagindo melhor com seus colegas durante esse tempo livre. Além disso, devido ao fato da prática esportiva auxiliar na redução do adoecimento, o número de faltas causadas por esse inconveniente também diminui.

Economia com gastos em saúde

Planos costumam ter um custo elevado, especialmente quando a empresa opta por proporcionar o benefício integral para seus funcionários. Além disso, como eles podem ser reajustados a cada ano, é muito mais vantajoso promover a saúde e prevenir a ocorrência de alguns males, sejam eles físicos ou psicológicos.

Maior foco e produtividade

Segundo o site de avaliação de empresas Love Mondays, muitas das grandes organizações brasileiras têm percebido o impacto que os investimentos em saúde e bem-estar podem gerar. Exatamente por ficarem mais felizes, focadas e motivadas, quando as equipes têm a oportunidade de frequentar uma academia no trabalho, apresentam um aumento considerável na produtividade.

Diminuição do estresse

O estresse pode surgir no ambiente de trabalho — seja devido a fatores externos, por conta de prazos e metas ou sobrecarga de demandas. Isso afeta os empregados, fazendo com que eles fiquem mais suscetíveis ao esgotamento e comprometendo sua saúde mental.

Neste caso, a prática recorrente de exercícios físicos, ligada à boa alimentação e hábitos saudáveis, ajuda a diminuir tensões e a produzir hormônios essenciais para a felicidade e bem-estar. Esses resultados impactam diretamente na forma como todos se relacionam e agem dentro da empresa.

Prevenção de doenças crônicas

Além de reduzir o número de faltas, a atividade física no trabalho ajuda a diminuir os casos de afastamento e licença por conta de doenças crônicas. Isso porque, com a melhora do condicionamento e aumento da resistência, muitas condições de saúde, como obesidade, hipertensão, entre outras, são evitadas ou, até mesmo, controladas.

Melhor relacionamento da equipe

Proporcionar a interação da equipe fora das atividades rotineiras é uma ótima forma de estimular um bom relacionamento entre os membros e despertar o espírito de time. Isso pode acontecer na academia no trabalho ou na prática de esportes coletivos, como futebol e vôlei. Como benefício, novas parcerias de trabalho podem surgir, além de um clima empresarial mais agradável e propício para o surgimento de ideias criativas.

Como a empresa pode estimular seus funcionários?

Para levar essa realidade para a sua organização, separamos algumas ações que podem trazer todos os benefícios abordados anteriormente. Acompanhe!

1. Empresa Fitness

A Empresa Fitness é um serviço que visa desenvolver o condicionamento físico dos empregados e de seus dependentes. Para tanto, possibilita a prática orientada e sistemática de atividades físicas, que podem ser realizadas tanto no local de trabalho quanto fora dele. Algumas opções para proporcioná-las são:

  • credenciando a sua empresa a estabelecimentos;
  • gerenciando as atividades em uma academia corporativa;
  • criando grupos de atividades (ginástica, corrida, caminhada, ritmos, etc.);
  • oferecendo aulas de atividades físicas online através de vídeos ou lives.

2. Academia SESI

Os Espaços SESI de Saúde e Bem-estar contam com uma ação integrada entre profissionais de Educação Física e da Nutrição, proporcionando exercício físico de qualidade e orientação para uma alimentação saudável. Desta forma, o trabalhador da indústria e seus dependentes, com base no conhecimento aprendido e nas experiências vivenciadas, podem passar a fazer escolhas que impulsionem a sua qualidade de vida. Afinal, todos queremos viver mais e melhor.

Você pode optar por solicitar o apoio de nutricionistas e profissionais da Educação Física, tudo de acordo com a metodologia de atendimento do SESI. Entre as modalidades disponíveis estão (verificar disponibilidade na Unidade):

  • treinamento funcional;
  • funcional soccer;
  • jump;
  • musculação;
  • ritmos;
  • pilates solo;
  • treino intervalado de alta intensidade (HIIT);
  • muay thai.

Assim, com a Academia SESI, além de praticar exercícios físicos, seus funcionários ainda podem adotar uma alimentação saudável e contar com o acompanhamento adequado. A consulta com o nutricionista pode até mesmo ser feita na modalidade online, a distância, garantindo mais praticidade e horários mais flexíveis para o trabalhador.

3. Ginástica Laboral

A Ginástica Laboral é um serviço que visa minimizar o sedentarismo, diminuindo as dores e desconfortos provocados pela atividade laboral. Desse modo, inserindo a prática de exercícios físicos, ainda é possível corrigir a postura e promover uma pausa funcional durante a jornada de trabalho, melhorando a qualidade de vida dos funcionários.

As atividades de ginástica laboral devem ser efetuadas, regularmente, de 2 a 5 vezes por semana, com duração aproximada de 15 minutos. É realizada dentro das dependências da indústria e tem seu planejamento realizado a partir da análise das atividades laborais e dos danos em potencial para determinado grupo.

Uma novidade é a possibilidade da realização da Ginástica Laboral a distância, na modalidade online. Esta alternativa traz ainda mais flexibilidade e viabiliza que mais profissionais possam ter a pausa ativa e funcional proposta pelos exercícios da ginástica laboral, que, pelo computador ou celular, pode ser realizada praticamente de qualquer lugar.

4. Grupos de incentivo

Outra ótima forma de promover a atividade física no trabalho e ainda gerar engajamento entre os empregados é criar grupos de incentivo. Primeiramente, escolha alguns exercícios ou práticas que são de interesse da equipe, como as que já citamos anteriormente: esportes, musculação, pilates, treinos, ginástica laboral, etc.

Feito este mapeamento inicial, crie grupos em plataformas como redes sociais ou, melhor ainda, no sistema de comunicação interno da empresa, e divulgue-os aos trabalhadores. Assim, os profissionais interessados podem utilizar esses canais para incentivar uns aos outros, marcar encontros para a prática do exercício e trocar dicas. Tudo isso ajudará a incorporar a atividade física ao cotidiano dos times.

5. Semanas temáticas

Que tal apostar nas semanas temáticas para difundir a atividade física no trabalho? A estratégia funciona da seguinte maneira: mapeie alguns exercícios alinhados ao interesse dos trabalhadores — conforme também sugerimos no tópico anterior — e defina, ao longo do ano, uma semana em cada mês dedicada ao incentivo e estímulo de cada prática.

Durante esses dias, divulgue conteúdos que abordam os benefícios da atividade física em questão, entre outras informações interessantes que possam despertar o interesse dos funcionários. Outra ideia eficaz, é trazer algum profissional com conhecimento sobre o assunto para falar sobre a prática com os times e organizar aulas experimentais, campeonatos, entre outros eventos.

6. Convênios e parcerias

Sabemos que o sedentarismo é um mal bastante comum nos tempos modernos. Com rotinas cada vez mais atribuladas, muitas pessoas se veem sem tempo para praticar exercícios físicos, gastando menos energia e potencializando o surgimento de doenças diversas, que afetam tanto o corpo quanto a mente — como estresse, ansiedade, etc.

No entanto, ao introduzir soluções que não só estimulam, mas também possibilitam e facilitam o acesso à prática de exercícios, a empresa consegue aproximar a atividade física do cotidiano dos times e reduzir consideravelmente o sedentarismo entre os trabalhadores. Aqui, ótimos exemplos são os convênios e parcerias com academias, clubes, quadras, ginásios esportivos, entre outros.

Como criar uma cultura de atividade física no trabalho?

Por fim, é válido ressaltar que a criação de uma cultura de atividade física no trabalho está diretamente relacionada ao sucesso das ações que listamos logo acima. Em outras palavras, a promoção à saúde e ao exercício físico deve fazer parte do dia a dia corporativo, facilitando a adesão dos funcionários e integrando-os às práticas de forma atrativa.

Para isso, a empresa pode promover rodas de discussão sobre atividade física e qualidade de vida, ouvir as sugestões dos empregados sobre o tema e buscar incorporá-las no cotidiano organizacional. Ainda, promover idas de bicicleta ao trabalho — disponibilizando um bicicletário na sede.

Todas as ações vistas até aqui contribuem significativamente para preservar a saúde dos trabalhadores, prevenir doenças e contribuir para o aumento efetivo do bem-estar no ambiente profissional. Em consequência, as equipes aumentam a produtividade e têm mais motivação para desempenhar suas funções.

Agora que já sabe como promover a atividade física no trabalho, que tal aproveitar que está aqui e entender sobre outro assunto muito importante? Acesse o link e baixe nosso e-book gratuito: “benefícios que a segurança e a saúde no trabalho podem trazer à indústria“.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This