Grupo de amigos comendo salada de frutas
Promoção da Saúde

Alimentação no verão: como manter a saúde em dia durante o calor

Tempo de leitura: 4 min
Powered by Rock Convert

Na estação mais quente do ano, é necessário redobrar o cuidado com a saúde. O aumento da temperatura prejudica a circulação sanguínea e faz com que nosso corpo retenha mais líquido. A boa notícia é que podemos garantir o bem-estar nessa época através de hábitos alimentares adequados, como a ingestão abundante de água e o consumo de alimentos leves. No conteúdo abaixo, separamos dicas para manter sua alimentação no verão saudável apesar do clima quente e da saída da rotina nas férias. Confira!

Abuse das saladas cruas

Para ter mais disposição, prefira alimentos nutritivos e, ao mesmo tempo, refrescantes. Aumente o consumo de saladas cruas — ótimas fontes de vitaminas e fibras — e evite acrescentar molhos com maionese e queijos cremosos, pois possuem alto valor calórico e grande quantidade de gordura. É possível substituí-los por opções mais saudáveis e igualmente saborosas, a exemplo do azeite de oliva extra virgem e de ervas como manjericão, hortelã e alecrim.
Os vegetais, além de serem leves, repõem as vitaminas e sais minerais que perdemos com o suor.

Alimentação no verão durante as férias

Mesmo nos períodos de descanso, precisamos manter hábitos saudáveis. A alimentação no verão deve ser adequada às altas temperaturas. Na beira da praia, o melhor é evitar alguns lanches vendidos em quiosques, como salgados, pasteis e outras frituras, pois apresentam grande quantidade de gordura, sal e carboidratos refinados que são prejudiciais à saúde. Se optar por comprar alimentos na orla, água de coco e biscoitos de polvilho são boas opções. Além disso, é recomendado substituir os sorvetes cremosos por picolé de frutas. Contudo, o ideal ainda é levar alimentos de casa, como frutas de fácil manuseio e pouca manipulação, a exemplo da banana, pera, pêssego, ameixa e maçã.

Beber água é fundamental. Sucos também são ótimas alternativas, por serem fontes de vitaminas e minerais, além de refrescantes e ótimos para a hidratação. No caso de consumir bebida alcoólica, lembre-se de intercalar com água, pois o álcool provoca desidratação. E, claro, evite excessos.

Além disso, para manter o corpo hidratado, ajudar no bronzeamento e preservar a pele e os cabelos saudáveis, alguns alimentos podem contribuir. Confira ótimas opções:

  • manga
  • abacate
  • abacaxi
  • açaí
  • damasco
  • acerola
  • couve
  • cenoura
  • pepino
  • laranja
  • espinafre
  • pimentão
  • salsinha
  • abóbora
  • beterraba
  • peixes de água salgada
  • oleaginosas no geral (amendoim, castanha do pará, castanha de caju, nozes)
  • cereais integrais, aveia e a quinoa

Mesmo sem os compromissos do trabalho e dos estudos, estabeleça uma rotina de alimentação no verão e coma somente quando sentir fome. Consumir pequenas porções mais vezes durante o dia é o ideal.

Evite também as frituras, carnes gordas, salgadinhos, biscoitos recheados e sanduíches com maionese ou molhos gordurosos. Por serem ricos em gorduras e calorias, dificultam a digestão, podendo ocasionar mal estar e desconforto. Como sempre, açúcar e sal devem ser utilizados com moderação, especialmente este último, que contribui para a retenção de líquidos.

Dê preferência aos grãos integrais, pois contêm mais fibras, contribuindo para a saciedade mais prolongada e mantendo o fluxo de energia constante. Alimentos como linhaçagerme de trigochia gergelim têm grande concentração de fibras, que promovem uma boa digestão e garantem o funcionamento da flora intestinal. Vale ainda apostar na quinoa, grão rico em potássio, um importante mineral para evitar o inchaço.

Mantenha-se sempre hidratado

Com a chegada do verão e o aumento da temperatura, vale lembrar a importância de se manter hidratado durante todo o dia. Como há uma grande perda de fluidos e nutrientes por meio do suor, aumentar o consumo de água é essencial para essa reposição, evitando problemas como fadiga, desidratação, entre outros. E muito cuidado para não tomar água apenas quando estiver com sede. A sede já é um sinal de que o nosso corpo está desidratado e, possivelmente, com o funcionamento das células e dos órgãos prejudicado.

Se você não gosta de beber água porque ela não tem sabor, uma ótima alternativa é preparar uma água saborizada com frutas. Assim, com o passar do dia, a fruta vai liberando suas vitaminas e antioxidantes, e você se beneficia delas enquanto se hidrata! Também podemos substituir as frutas por canela em pau, dentes de cravo ou até gengibre em lascas. As frutas na água têm o poder de resfriar o corpo, enquanto a canela e o gengibre têm a propriedade de acelerar o metabolismo.

Além da água pura, as frutas e verduras são boas fontes de hidratação. Você pode consumir a fruta inteira ou na forma de suco sem açúcar. As mais indicadas são: abacaxi, melão, melancia, laranja, pêssego, uva e coco verde, em razão do alto teor de líquidos e da capacidade de repor eletrólitos (principalmente sódio e potássio).

Gostou das nossas sugestões? A alimentação é um assunto sério e o acompanhamento de um profissional da área é sempre bem-vindo. Saiba mais sobre a Consultoria em Nutrição Clínica do SESI-RS clicando aqui.

Powered by Rock Convert